Info

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Amor de pai é fundamental para a personalidade dos filhos


Branco, negro, gordo, magro, católico, protestante, rico, pobre. Não importa quantos fatores sociais, econômicos, culturais ou religiosos difiram entre as pessoas, nós todos temos algo em comum: viemos ao mundo graças a um pai e uma mãe, e o amor deles por nós faz toda a diferença na nossa vida.

Segundo um novo estudo, ser amado ou rejeitado pelos pais afeta a personalidade e o desenvolvimento de personalidade nas crianças até a fase adulta. Na prática, isso significa que as nossas relações na infância, especialmente com os pais e outras figuras de responsáveis, moldam as características da nossa personalidade.

“Em meio século de pesquisa internacional, nenhum outro tipo de experiência demonstrou um efeito tão forte e consistente sobre a personalidade e o desenvolvimento da personalidade como a experiência da rejeição, especialmente pelos pais na infância”, disse o coautor do estudo, Ronald Rohner, da Universidade de Connecticut (EUA). “Crianças e adultos em todos os lugares tendem a responder exatamente da mesma maneira quando se sentem rejeitados por seus cuidadores e outras figuras de apego”.

E como elas se sentem? Exatamente como se tivessem sido socadas no estômago, só que a todo momento. Isso porque pesquisas nos campos da psicologia e neurociência revelam que as mesmas partes do cérebro que são ativadas quando as pessoas se sentem rejeitadas também são ativadas quando elas sentem dor física. Porém, ao contrário da dor física, a dor psicológica da rejeição pode ser revivida por anos.

O fato dessas lembranças – da dor da rejeição – acompanharem as crianças a vida toda é o que acaba influenciando na personalidade delas. Os pesquisadores revisaram 36 estudos feitos no mundo todo envolvendo mais de 10.000 participantes, e descobriram que as crianças rejeitadas sentem mais ansiedade e insegurança, e são mais propensas a serem hostis e agressivas.

A experiência de ser rejeitado faz com que essas pessoas tenham mais dificuldade em formar relações seguras e de confiança com outros, por exemplo, parceiros íntimos, porque elas têm medo de passar pela mesma situação novamente.

É culpa do pai, ou é culpa da mãe?
Se a criança está indo mal na escola, ou demonstra má educação ou comportamento inaceitável, as pessoas ao redor tendem a achar que “é culpa da mãe”. Ou seja, que a criança não tem uma mãe presente, ou que ela não soube lhe educar.

Como o amor de mãe muda o cérebro do filho
Porém, o novo estudo sugere que, pelo contrário, a figura do pai na infância pode ser mais importante. Isso porque as crianças geralmente sentem mais a rejeição se ela vier do pai.

Numa sociedade como a atual, embora o nível de igualdade de gênero tenha crescido muito, o papel masculino ainda é supervalorizado e muitas vezes vêm acompanhado de mais prestígio e poder. Por conta disso, pode ser que uma rejeição por parte dessa figura tenha um impacto maior na vida da criança.

Com isso, fica uma lição para os pais: amem seus filhos! Homens geralmente têm maior dificuldade em expressar seus sentimentos, mas o carinho vindo de um pai, ou seja, a aceitação e a valorização vinda da figura paterna, pode significar tudo para um filho, mesmo que nenhum dos dois saiba disso ainda.

E para as mães, fica outro recado: a próxima vez que vocês forem chamadas à escola por causa de algo que o pimpolho aprontou, tenham uma conversa com o maridão. Tudo indica que a culpa é dele! Brincadeiras à parte, problemas de personalidade, pelo visto, podem resolvidos com amor de pai. E quer coisa mais gostosa?

Nota: Saiba que o Pai celestial não lhe rejeitou, mas lhe ama tanto que deu Seu Filho unigênito para que você tenha a vida eterna!

Fonte: EVIDÊNCIAS PROFÉTICAS

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Dois anos se passaram!!!

Saudações meus queridos irmãos e amigos. Que a paz do Senhor Jesus esteja presente em cada coração neste momento. Puxa, parece que dei uma sumida!!! Peço perdão a todos por minha ausência. Estive muito ocupado e, ainda, não estive muito bem de saúde por estes dias. Porém, agradeço ao Senhor pelo inteiro cuidado que teve comigo.

Neste segundo ano de vida da Rebequinha, ela tem se mostrado muito dedicada e muito esperta. A cada dia e a cada momento, ela tem aprendido coisas novas, como descer da cama sozinha e até andar. Isso mesmo ANDAR!!! Já faz uma semana que nossa princesinha começou a andar sozinha, e isso foi um dos grandes passos que estávamos aguardando por parte dela. Agora começa a independência da Bequinha.

No dia em que ela completou 2 aninhos, fomos passear no shopping. Infelizmente não deu para gente fazer uma festinha pra ela este ano, mas com certeza ela se divertiu bastante no passeio que fizemos. Por incrível que pareça, o que ela mais gostou no shopping foi a escada rolante...hehehe




Damos graças ao Senhor porque a Rebequinha está crescendo e se desenvolvendo muito bem. Suas limitações não a impediram de tornar-se ser uma criança feliz. Pelo contrário; o Senhor a presenteou com inteligência para lidar com suas dificuldades. O tempo foi passando e já estamos no segundo ano desta caminhada difícil, mas compensada pela vida e a alegria deste presente lindo que Deus nos deu. A Rebeca é a prova de que as coisas que acreditamos ser impossíveis, tornam-se possíveis para Aquele que tudo criou. 

Nos primeiros meses de vida da Rebequinha, fomos desenganados pelos médicos, quando diziam que talvez nossa pequena não passaria do primeiro aninho de vida, em razão das complicações respiratórias que ela apresentava. Logicamente ficamos abalados e preocupados com estes comentários, porém lá no fundo de nosso coração, acreditávamos e lembrávamos das grandes coisas que Deus havia feito pelo seu povo desde tempos antigos. Umas das grandes coisas foi abrir o Mar Vermelho para que os Hebreus pudessem atravessar.
   
Primeiro mês de vida da Rebequinha - Família reunida.
Segundo ano de vida da Rebequinha - Família reunida.


Jesus é o nosso companheiro de todas as horas. Ela está conosco todos os dias de nossa vida. Ele mesmo disse isso aos discípulos (Mat. 28:20). Precisamos de sabedoria para fazer o que é correto, para não sofrermos consequências por nossas más decisões. Jesus está ao nosso lado para nos ajudar nessas decisões. Juntamente com o Espírito Santo, carecemos de Seu poder para desviar-mos dos caminhos impuros que estão à nossa frente. O inimigo de Deus está sempre preparado para nos confundir e nos desanimar. Mas graças a Deus, temos Alguém a quem confiar. Alguém que nos ama e quer o nosso bem. Este Alguém é Jesus! O único que foi capaz de morrer em nosso lugar, por amor.

É isso mesmo queridos... Aqui chegamos pela fé! Ainda que andemos pelo vale da sombra da morte, não temeremos, porque até lá, o Senhor está conosco. Jesus disse que neste mundo passaríamos por aflições, mas também nos aconselha a termos bom ânimo, porque Ele mesmo venceu o mundo. Mas vejam bem, em meio a tantas tribulações, temos momentos felizes com certeza e, temos muito a aprender com tudo isto. Cremos que Suas lições são transformadoras e nos renovam a cada dia. Mais uma vez reforço o texto de Tiago: "Bem-aventurado o homem que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam." (Tiago 1:12)

Lembre-se que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e qualquer que seja a prova que você esteja enfrentando, tenha a certeza que é temporária, pois o lugar que está sendo preparado para os filhos de Deus está quase pronto. Jesus em breve voltará para nos levar para este lugar. Lá não haverá mais pranto, nem dor e nem lágrimas. 
" E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas." (Apoc. 21:4)

Que Deus abençoe você que está lendo esta mensagem. Não sei o que você está passando, mas o que posso te dizer é que Jesus te conhece muito bem e sabe como te confortar. Permaneça firme e creia nas promessas do Senhor. Uma dia tudo isso vai acabar e viveremos a eternidade ao lado daquele que nos criou e nos amou.

Grande abraço.

Carla, Vagner e Rebequinha.






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...